icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/07/2014
19:43

Depois de fazer sua primeira luta pelo UFC, no último dia 6 de julho, quando venceu Keith Berish, pelo TUF 19 Finale, em Las Vegas, Robert Drysdale recebeu uma péssima notícia. Segundo informação divulgada pelo site MMA Junkie, o lutador foi flagrado no antidoping por altos índices de testosterona. É a segunda vez que o atleta cai no exame pelo mesmo doping - a primeira foi antes mesmo de sua entrada no Utimate.

Drysdale, que é americano e tem nacionalidade brasileira, foi flagrado pela primeira vez em novembro do ano passado e impedido de fazer sua primeira luta no Ultimate por conta das substâncias encontradas em seu organismo após teste antidoping. O lutador deve ser suspenso pela Comissão Atlética de Nevada.

Já pelo UFC 175, Kevin Casey testou positivo para Drostanolona, substância proibida. O americano nocauteou Bubba Bush em apenas um minuto em sua reestreia no maior evento de MMA do mundo.

Em comunicado oficial, o Ultimate anunciou que ambos os atletas estão suspensos de forma temporária e proibidos de participarem da competição até que suas situações se regularizem.

- O UFC foi notificado sobre os casos de Kevin Casey e Robert Drysdale. Ambos estão sendo temporariamente suspensos de competições e informados que seus teste violam a política de conduta do UFC - disse parte do comunicado emitido pela organização.