icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/03/2014
11:59

Com Vladimir como titular da meta santista, o Peixe teve um aumento no índice de gols tomados. Em dois jogos, o goleiro tomou quatro gols, média de dois por jogo. Com isso, a defesa alvinegra passou a ter 15 gols sofridos em 14 partidas disputadas, média superior a um por rodada.

O primeiro gol que Vladimir levou na temporada, após receber oportunidade por conta da lesão da Aranha, foi contra o Oeste. Já no último minuto da partida, quando o Santos já vencia por 4 a 0, o goleiro sofreu um gol de falta em seu canto. A bola sofreu um leve desvio na barreira no caminho.

Já contra o Rio Claro, em jogo atípico, o goleiro falhou feio no primeiro gol, mas se redimiu depois. Em cobrança de escanteio, Vladimir saiu para afastar o cruzamento, mas errou completamente o tempo de bola e deixou o gol escancarado para o zagueiro Renan Diniz marcar o primeiro da equipe interiorana.

Porém, nos minutos finais, com o placar já apontando 3 a 3 - resultado final da partida -, o Rio Claro criou ótima oportunidade para vencer o jogo. Alex Afonso saiu cara a cara com o goleiro, que fez ótima defesa e salvou o Peixe da derrota fora de casa.

Titular da posição, Aranha deve voltar de lesão muscular (estiramento no ombro direito) no próximo domingo, quando o Alvinegro enfrenta o Palmeiras, às 16h, na Vila Belmiro. O clássico irá colocar frente a frente as duas melhores equipes do Estadual. Em doze jogos disputados, o dono da camisa 1 tomou 11 gols, somando média 0,9 gols por partida, menos da metade do que a de Vladimir.