icons.title signature.placeholder Alexandre Araújo e Guto Mariano
18/07/2014
07:00

Roberto Carlos, famoso cantor e torcedor do Vasco, cantava, em clássico da MPB, que queria "ter um milhão de amigos". Alguns vascaínos não chegam a essa exorbitância, mas têm um ciclo social vasto, vide o número de indicações para que outros cruz-maltinos se tornassem sócios (algo exigido pelo estatuto do clube). O LANCE!Net teve acesso a documentos que mostram que alguns sócios chegaram a indicar mais de 400 novos membros ao quadro social, como é o caso de Gilson Honório Ferreira – pertencente a um grupo que apoia Eurico Miranda –, cuja matrícula aparece em nada menos do que 447 propostas. Nesta lista, Eurico é apenas o terceiro, com 201 indicações.




E MAIS
- Tadeu Correia fala em crise de valores e gestão falida no Vasco

O mais espantoso é o número dos que compareceram à secretaria após chamado da comissão de sindicância. No caso de Gilson, dos 447 indicados, apenas 15 foram ao clube. Já no de Eurico Miranda, 14.

 LANCENet teve acesso exclusivo a documentos que apontam indicação em massa de novos membros

Segundo o L!Net apurou, pessoas ligadas à chapa de Eurico indicaram, ao todo, 1.757 pessoas, mas apenas 107 compareceram quando chamadas. Das cartas AR (aviso de recebimento) enviadas pela comissão, muitas retornaram por conta de endereço inexistente ou ainda porque o destinatário se recusou a receber.

– Grande parte tinha um único preponente. Teve sócio que propôs 400 pessoas – disse Tadeu, membro da comissão de sindicância.

Há relatos sobre pessoas que responderam ao chamado e demonstraram total estranheza ao receber o comunicado e saberem que se tornaram sócias. Um dos casos é o de um taxista. Ele alegou estar de férias e, ao retornar ao trabalho, foi avisado pelos colegas que deveria ir a São Januário.