icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/03/2014
09:11

Novak Djokovic (2º do ranking) avançou, na madrugada desta quinta-feira, para as quartas de final do Masters 1.000 de Indian Wells. O tenista sérvio bateu o croata Marin Cilic (26º) por 2 sets a 1 (1-6, 6-2 e 6-3).

Esta foi a oitava partida entre Djoko e Cilic, sendo que o sérvio jamais perdeu para o croata. Mas, o início do confronto pelas oitavas de final na Califórnia mostrava que Cilic poderia finalmente obter um triunfo frente ao vice-líder do ranking da ATP.

Djokovic começou lento, mas teve frieza após perder com facilidade o primeiro set e virou a partida. Ele interrompeu uma boa sequência de Cilic, que vinha de títulos nos ATPs 250 de Delray Beach (EUA) e Zagreb (CRO) e final no ATP 500 de Roterdã.

- Me mantive calmo, independente do placar ruim no início. Aceitei o fato de Cilic ter começado o jogo melhor do que eu. Ele estava agressivo, errando pouco e sacndo rápido e com precisão. Eu não estava podendo fazer muito, fui forçado a ficar no fundo da quadra. Mas acreditei que poderia reverter e no segundo set foi outra história - disse Djoko.

Nas quartas, o sérvio encara o francês Julien Benneteau (65º). Djokovic e Roger Federer são os únicos tenistas do top 10 nas quartas de final. Federer enfrentará o sul-africano kevin Anderson (18º).

Os outros dois jogos das quartas são: Alexandr Dolgopolov (31º) x Milos Raonic (11º) e John Isner (13º) x Ernst Gulbis (22º). Este último duelo define o rival de Djokovic ou Benneteau nas semis.