icons.title signature.placeholder Fábio Aleixo
05/11/2013
21:09

Em uma repetição das Finais da ATP do ano passado, o atual campeão Novak Djokovic (2º do ranking mundial) voltou a levar a melhor sobre Roger Federer (7º).

Em uma Arena O2 lotada e vibrando a cada ponto bem jogado, o sérvio venceu por 2 sets a 1, com parciais de 6-4, 6-7 (2-7) e 6-2, em 2h22.

O triunfo comprova o excelente momento vivido por Djokovic. Desde que perdeu o título do Aberto dos Estados Unidos para Rafael Nadal, em setembro, o sérvio venceu as 18 partidas que fez.

Foi também o segundo triunfo sobre Federer em menos de uma semana. No sábado, Djokovic havia ficado com a vitória nas semifinais do Masters 1.000 Paris.

Com o resultado, o vice-líder do ranking mundial se igualou ao argentino Juan Martín del Potro na liderança do Grupo B. Os dois se enfrentarão na quinta-feira. No mesmo dia, Federer pegará Richard Gasquet.

Ao bater Federer, Djokovic adiou um pouco a definição de Rafael Nadal como líder do ranking mundial ao fim de 2013. O espanhol, porém, precisa apenas de um triunfo sobre Stanislas Wawrinka nesta quarta-feira para ratificar a ponta.

O repórter viaja a convite da ATP