icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/11/2014
19:34

O Flamengo, junto com o atacante Elton, hoje no Rubro-Negro, o atacante Everton, atualmente no Shangai Shenxin, da China, o meia Rafael Bastos, hoje no Levski Sofia-BUL, o treinador uruguaio Daniel Carreño e sua comissão técnica, entrou com uma ação conjunta na Fifa contra o Al Nassr, da Arábia Saudita, cobrando valores combinados e não pagos pelo clube árabe. Várias sanções foram pedidas, entre elas a exclusão da equipe do Champions League da Ásia (AFC) e, em caso de qualificação, a exclusão do Mundial de Clubes.

O Al Nassr foi campeão da Arábia Saudita na última temporada e com isso conquistou vaga a AFC, que dá ao campeão o direito de disputar o Mundial de Cubes da Fifa. Neste ano, o clube optou por fazer novas contratações do que pagar as dívidas, como na transferência do atacante Hernane, em agosto, com o Flamengo não recebendo o valor da negociação até os dias de hoje.

A ação conjunta também foi enviada à AFC (Asian Football Confederation) e Federação Saudita de Futebol. Também foi pedido como sanção a proibição de novas contratações, pois os regulamentos que norteiam o futebol mundial, entre eles o fair play financeiro, não foram seguidos pelos dirigentes do Al Nassr. Ainda não existe uma data para definição sobre as punições.