icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/07/2014
08:54

Após o LANCE!Net ter publicado, na última quarta-feira, o caso do bloqueio da verba da Caixa Econômica Federal destinada ao Flamengo, em razão da inscrição do clube no Cadastro Informativo de créditos não quitados do setor público federal (Cadin) pelo Banco Central (BC), devido a uma multa sobre irregularidades nos anos 90 – maior parte durante a gestão de Kleber Leite –, o ex-presidente entrou em contato com a reportagem para falar do caso. O valor histórico desta multa é de R$ 38.367.280,00.

– Em 1998, o Flamengo fez uma operação com o Real Madrid, cedendo Sávio ao clube espanhol e, em contrapartida, o Real Madrid cedeu ao Flamengo os jogadores Rodrigo Fabri e Zé Roberto, alem de, junto a outros dois clubes espanhois, Valencia e Palma de Mallorca, se não estou equivocado, liberar Romário e Palhinha para o Flamengo. Nesta operação, não houve nenhum centavo de dólar envolvido. Houve apenas uma troca. Esta operação, à época, foi aprovada pelo nosso saudoso vice-presidente jurídico, Dr. Antônio Vicente da Costa Junior. Com relação ao que ocorreu após disso, como a ação do Banco Central e defesa do Flamengo, se foi ou não competente, nunca tomei conhecimento, pois deixei a presidência em dezembro de 1998 – afirmou Kleber Leite.

E MAIS!
> Flamengo: dívida dos anos 90 faz verba da Caixa ser bloqueada
> Reforço do Flamengo, Canteros chega ao Rio e diz: 'Estou feliz'
> Comprometido com Ney, Elano espera ser útil ao Fla na sequência do ano