icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
11/11/2014
16:43

O diretor de futebol do Cruzeiro, Alexandre Mattos, revelou em entrevista ao programa "Bate Bola", da ESPN Brasil que o clube processará o Atlético-MG por permitir que apenas 8% do Independência fosse disponibilizado para cruzeirenses no primeiro jogo das finais da Copa do Brasil. A atitude fez a Raposa abrir mão da presença de sua torcida nesta quarta-feira, às 22h, no Independência.

- O regulamento não foi cumprido. A ordem da CBF não foi cumprida. O Atlético-MG deu numero inferior a 2,3 mil ingressos e em um prazo atrasado.

A diretoria da Raposa criticou o fato de o Atlético-MG enviar um ofício no qual disponibilizava carga inferior aos 10% previstos para torcida visitantes. Além disto, o ofício foi entregue apenas na noite de segunda-feira, a cerca de 30 horas do início do jogo. Porém, Mattos não descartou chance de finalíssima no Mineirão ter duas torcidas:

-O que vai acontecer na frente é que vamos cumprir o regulamento. O Atlético-MG não respeitou nem o tempo nem o nosso espaço. Por isso, vamos tomar providências cabíveis, e esperamos uma punição