icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/11/2013
15:04

A antiga rivalidade entre Benfica e Porto acaba de ganhar novo capítulo. O presidente do Encarnado, Luís Filipe Vieira, está sendo acusado por Antero Henrique, administrador da Sociedade Anônima Desportiva (SAD) do Dragão de difamação. A leitura da sentença vai ser feita no próximo dia 3 de dezembro.

O processo vem de um fato ocorrido ainda em julho de 2008. Em entrevista à emissora RTP1, estatal de Portugal, Luís Filipe Vieira comparou o ambiente do futebol português a um "estado siciliano", fazendo referência à máfia italiana e ao Porto.

Ele fez a referência ao falar sobre o famoso escândalo conhecido como "Apito Dourado". Neste caso, o Porto e o Boavista teriam envolvidos em corrupção e compra de árbitros.

O presidente do Benfica revelou ainda uma suposta ameaça de Antero Henrique a Paulo Gonçalves, assessor jurídico do Encarnado e ex-funcionário do Porto, após uma assembleia da Liga, e teria insinuado a associação do dirigente do Dragão a dois assaltos à sua residência.