icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/03/2014
14:53

O Coritiba parece ter aprendido com os erros. Após perder o atacante Deivid - que entrou na Justiça contra o clube para receber o dinheiro referente aos direitos de imagem -, o Alviverde, através da figura do vice-presidente de futebol, Paulo Thomaz de Aquino, afirmou que as dívidas com os demais atletas foram renegociadas.

- Todos os atletas tiveram as condições resolvidas. Houve parcelamento, renegociação. Cada jogador foi abordado por uma situação específica, pelo tempo de contrato, salário, então cada caso foi resolvido de forma única - declarou Aquino.

As dívidas com os jogadores se acumulam desde o começo de 2013. No caso de Deivid, o montante devido pelo Coxa é de R$ 12, 5 milhões. Uma fortuna. Durante a semana passada, o centroavante abandonou a capital paranaense e voltou ao Rio de Janeiro, enquanto o trâmite que iniciou contra o clube corre na Justiça. Como tática de contra-ataque, o Coritiba também moveu ação contra o jogador. No caso, o Alviverde indiciou o atleta por abandono de emprego.

Após a saída de Deivid, o elenco do Coxa entregou uma carta à diretoria do clube, fazendo reivindicações.