icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/07/2014
14:34

O destino do meia alemão Toni Kroos deve mesmo ser o Real Madrid. O diretor-executivo do Bayern de Munique, o ex-jogador Karl-Heinz Rummenigge, confirmou durante a chegada da seleção da Alemanha ao país que precisa vender o destaque da Copa do Mundo por "razões financeiras". Ele tinha apenas mais um ano de contrato, e poderia sair sem custos em 2015. E confirmou as conversas com os Merengues.

- Não queríamos perdê-lo na próxima temporada sem cobrar a cláusula de rescisão. Temos a obrigação de nos preocupar com as finanças do clube, não podíamos permitir esse luxo. E confirmo as conversas com o Real Madrid por Toni - disse Rummenigge.

Desta forma, já fica determinado que o Real Madrid vai desembolsar 25 milhões de euros (R$ 75 milhões) para levar o jogador, que foi um dos melhores da Alemanha na conquista do tetracampeonato da Copa do Mundo.

Segundo informações recentes das imprensas de Alemanha e Espanha, Kroos queria salário no mesmo patamar de estrelas como Schweinsteiger, Lahm e Götze, mas o Bayern não concordou. Por isso, não houve renovação de contrato.


Kroos (à direita) comemora o título da Alemanha na chegada ao país (Foto: AFP)