icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
16/02/2015
13:51

O péssimo início de temporada do Avaí já começou a mobilizar a diretoria do clube, que busca uma solução. Para Carlos Arini, diretor de esportes do clube, o caminho para voltar a vencer se encontra na conversa.

Classificando a campanha do Avaí como vergonhosa, o dirigente aposta na cobrança sobre os jogadores para o time se recuperar dos 16,7% de aproveitamento.

- Estivemos na Ressacada e é preocupante, a diretoria, comissão, jogadores, estamos envergonhados com dois pontos em 12, nenhuma vitória. Mas tem que ter calma e com atitude e vamos resolver isso no vestiário e no grupo.

Apesar de não participar de forma ativa na construção da equipe, Arini assumiu uma parcela de culpa pelo jejum de vitórias e afirma que, pelo Avaí ser time de Série A, essa situação precisa ser resolvida logo.

- Eu tenho minha parcela de culpa. Estou envolvido no processo e tenho que buscar algum tipo de saída. Agora a principal é dentro do vestiário e conversar para reverter o quadro. O torcedor quer ver o time com raça, vibrando e com vitórias. Um time que vai para a Série A do Brasileiro é natural essa cobrança. Temos que saber absorver as críticas, as vaias, as cobranças e saber reverter isso. Não adianta falar muito, nessa hora é preciso trabalhar e ganhar jogos.

Precisando vencer para manter as chances de classificação, o Avaí entra em campo nesta quinta-feira, às 19h da noite, contra o Metropolitano, na Ressacada.