icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
31/07/2014
14:40

O Atlético-MG soltou uma nota oficial de solidariedade aos amigos e familiares de Julio Grondona, presidente da AFA que faleceu na tarde da última quarta-feira. Grondona faleceu aos 82 anos e o motivo foi insuficiência cardíaca, causada por aneurisma na artéria aorta. O presidente foi internado ainda pela madrugada.

No mês passado, Grondona se hospedou na Cidade do Galo junto com a delegação da Argentina para a Copa do Mundo, chegando a se encontrar com o presidente alvinegro, Alexandre Kalil, durante o mundial. Após uma intertemporada na China, o time mineiro foi recebeu uma cordialidade da AFA, que abriu as portas do centro de treinamento em Buenos Aires para que a equipe de Levir Culpi pudesse se preparar para a final da Recopa, contra o Lanús.

MAIS:
> Kalil se desculpa com sócios do Galo na Veia
> Tardelli cita último papo com Ronaldinho no CT

Confira a nota na íntegra:

O Clube Atlético Mineiro lamenta o falecimento de Julio Humberto Grondona, presidente da AFA e vice-presidente executivo da FIFA, ocorrido nesta quarta-feira, em Buenos Aires.

Durante a Copa do Mundo deste ano, no Brasil, Grondona esteve hospedado na Cidade do Galo e, em encontro com o presidente do Atlético, Alexandre Kalil, não poupou elogios ao estafe alvinegro que serviu à Seleção Argentina.

Através de sua diretoria, o Clube Atlético Mineiro se solidariza aos familiares de Julio Grondona.