icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/02/2015
11:32

O Feyenoord deu uma declaração curiosa para desqualificar a hipótese de racismo no jogo contra a Roma, nesta quinta-feira, que acabou classificando a equipe italiana para as oitavas de final. Segundo o diretor esportivo do clube holandês, Eric Gudde, foi 'coincidência' a banana inflável arremessada pela torcida no campo ter caído ao lado do marfinense Gervinho.

- Nós dissemos para a delegação da Uefa que isso tem acontecido por anos com a gente. Estou descartando o racismo. O racismo não é a questão por aqui. Foi pura coincidência a banana cair perto do Gervinho. Durante o intervalo nós explicamos a situação. Espero que eles levem isso em conta.

E MAIS
- Torcida do Feyenoord atira banana inflável em Gervinho, que classifica a Roma

A banana inflável foi atirada no campo pela torcida do Feyenoord aos 38 minutos do primeiro tempo, mas o quarto árbitro retirou a 'fruta' rapidamente do campo. Os dois técnicos e o atacante Gervinho foram ouvidos, mas o jogo prosseguiu. O treinador do time holandês, Fred Rutten, seguiu o dirigente no tom de sua declaração.

- Não há muito barulho que deva ser feito sobre o incidente da banana. Nós temos várias nacionalidades aqui, então, não vejo que isso pode ser racismo.

TORCIDA DO FEYENOORD ADOTA BANANA INFLÁVEL EM JOGOS

Na internet, a torcida do time holandês mostra que a prática de levar bananas infláveis aos estádios é comum e diz que clubes de outros países também adotam este costume. O site apresenta fotos de vários torcedores segurando os objetos em diferentes ocasiões, além de ressaltar que os fãs do Feyenoord são formados por pessoas brancas e negras, e que o episódio não poderia ser considerado racismo.

Na Inglaterra, os torcedores do Manchester City chegaram a levar bananas infláveis para os estádios na década de 80, mas a prática perdeu força ao longo dos anos.

A Uefa, contudo, prometeu investigar se o ato da torcida foi realmente racismo. Caso seja comprovado, o Feyenoord deve ser punido pela entidade europeia.