icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/03/2014
17:27

Fora da disputa do título do campeonato catarinense, cabe à Chapecoense se livrar do rebaixamento no Estadual. O fraco desempenho do Verdão não gradou à torcida alviverde, que pede a saída do treinador do Gilmar Dal Pozzo, responsável pela entrada da Chapecoense na elite do futebol brasileiro.

O vice diretor de futebol da Chapecoense, João Carlos Maringá, ao lado da diretoria do clube, concedeu entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira e garantiu que Dal Pozzo continuará no comando da comissão técnica.

- Nós temos contrato com o treinador, está há dois anos no clube, até o começo do campeonato era unanimidade do torcedor, passou a ter desconfiança do torcedor depois dos dois primeiros jogos. Em seguida fez a melhor campanha do campeonato estadual. Então na nossa cabeça não passou em nenhum momento trocar de técnico. Passou pela imprensa, por alguns torcedores, mas na nossa não passou. Seguimos com a mesma confiança para mantê-lo no clube. Começamos mal, dois jogos muito ruins. Depois, a melhor campanha do Estadual é da Chapecoense. Estão querendo transformar em caldeirão como se estivesse tudo errado. Não está. Tivemos reunião pesada com os atletas hoje. Tudo está sendo feito com critério, mas com muita tranquilidade, porque se fôssemos nos deixar levar pelo desespero de algumas pessoas, teríamos de mudar tudo. E isso não vai acontecer. Então a Chapecoense tem a consciência que tem a possibilidade de rebaixamento. Deixamos claro para os jogadores que cada jogo será encarado como decisão.

A Chapecoense iniciou com vitória a sua fuga do rebaixamento: venceu o Avaí ontem à noite (06), por 2 a 0. O Verdão volta a jogar neste domingo (09), contra o Juventus, na Arena Condá, às 16h.