icons.title signature.placeholder Felipe Mendes
icons.title signature.placeholder Felipe Mendes
30/07/2013
13:52

No que depender da direção da NBA no Brasil, a partida de pré-temporada entre Chicago Bulls e Washington Wizards, no dia 12 de outubro, na HSBC Arena, no Rio de Janeiro, será a primeira de muitas. Nesta terça-feira, após anunciar o início da venda de ingressos para o jogo, o diretor executivo da NBA Brasil, Arnon de Mello Neto, afirmou que o seu desejo é o de realizar um jogo por ano da liga americano no país.

- Vamos batalhar para isso. Já temos conversado sobre os próximos anos. Não queremos que seja um evento pontual. Queremos que o Brasil entre no calendário da NBA. A concorrência é grande, são poucos os países que têm jogo todo ano. Mas, tenho certeza que, pela relevância do país, vamos conseguir - disse o dirigente.

A relevância a que Arnon se refere diz respeito aos antigos planos da NBA em investir no Brasil por conta do crescimento do interesse dos torcedores na NBA. Embora não fale em números, o diretor executivo afirmou que a América Latina é o mercado que mais cresceu nos últimos anos no mundo para a liga americana. Isso se reflete com o aumento da audiência nos jogos na televisão, o interesse dos patrocinadores e venda de produtos.

De acordo com o vice-presidente da NBA na América Latina, Philippe Moggio, a NBA está focada no Brasil há muito tempo e os investimentos no país vierem após longo estudo:

- O Brasil é um mercado estratégico para a NBA. Por conta da Olimpíada do Rio, em 2016, queríamos estar aqui antes dos Jogos. E conseguimos isso três anos antes.

Segundo Arnon, outro desejo é tentar, futuramente, fazer jogos da temporada regular da NBA no Brasil. Na edição 2012/2013, New York Knicks e Detroit Pistons se enfrentaram na Arena O2, em Londres (ING). Agora, na edição 2013/2014, capital da Inglaterra será palco de Atlanta Hawks e Brooklyn Nets, enquanto a Cidade do México (MEX) receberá pela primeira vez um jogo da temporada regular: San Antonio Spurs contra Minnesota Timberwolves.

- Para esse primeiro jogo, os fãs esperavam um duelo de equipes da NBA, mas também estamos avaliando a possibilidade de fazermos jogos de equipes da NBA contra times brasileiros futuramente. Isso é algo que independe da parte técnica. Se for interesse do público, podemos fazer - disse Arnon.

No que depender da direção da NBA no Brasil, a partida de pré-temporada entre Chicago Bulls e Washington Wizards, no dia 12 de outubro, na HSBC Arena, no Rio de Janeiro, será a primeira de muitas. Nesta terça-feira, após anunciar o início da venda de ingressos para o jogo, o diretor executivo da NBA Brasil, Arnon de Mello Neto, afirmou que o seu desejo é o de realizar um jogo por ano da liga americano no país.

- Vamos batalhar para isso. Já temos conversado sobre os próximos anos. Não queremos que seja um evento pontual. Queremos que o Brasil entre no calendário da NBA. A concorrência é grande, são poucos os países que têm jogo todo ano. Mas, tenho certeza que, pela relevância do país, vamos conseguir - disse o dirigente.

A relevância a que Arnon se refere diz respeito aos antigos planos da NBA em investir no Brasil por conta do crescimento do interesse dos torcedores na NBA. Embora não fale em números, o diretor executivo afirmou que a América Latina é o mercado que mais cresceu nos últimos anos no mundo para a liga americana. Isso se reflete com o aumento da audiência nos jogos na televisão, o interesse dos patrocinadores e venda de produtos.

De acordo com o vice-presidente da NBA na América Latina, Philippe Moggio, a NBA está focada no Brasil há muito tempo e os investimentos no país vierem após longo estudo:

- O Brasil é um mercado estratégico para a NBA. Por conta da Olimpíada do Rio, em 2016, queríamos estar aqui antes dos Jogos. E conseguimos isso três anos antes.

Segundo Arnon, outro desejo é tentar, futuramente, fazer jogos da temporada regular da NBA no Brasil. Na edição 2012/2013, New York Knicks e Detroit Pistons se enfrentaram na Arena O2, em Londres (ING). Agora, na edição 2013/2014, capital da Inglaterra será palco de Atlanta Hawks e Brooklyn Nets, enquanto a Cidade do México (MEX) receberá pela primeira vez um jogo da temporada regular: San Antonio Spurs contra Minnesota Timberwolves.

- Para esse primeiro jogo, os fãs esperavam um duelo de equipes da NBA, mas também estamos avaliando a possibilidade de fazermos jogos de equipes da NBA contra times brasileiros futuramente. Isso é algo que independe da parte técnica. Se for interesse do público, podemos fazer - disse Arnon.