icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/07/2013
11:02

Apesar da vitória por 3 a 2 sobre o Criciúma, nem tudo foi motivo de comemoração para a torcida do Vasco no último sábado, em São Januário. Quando vencia por 2 a 0, a equipe levou dois gols e o goleiro Diogo Silva foi muito contestado por boa parte da torcida. Após a partida, o arqueiro preferiu deixar as possíveis falhas de lado e direcionou o foco para o próximo jogo do Cruz-Maltino, na quinta-feira, contra o Goiás.

- Não foi aquele miguezinho da bola, realmente está doendo, mas o importante é a gente estar dentro de campo para poder ajudar e sair de campo sempre assim, com resultado positivo. Todo mundo está feliz e contente. Agora vamos trabalhar com tranquilidade e pés no chão para ir lá em Goiânia e conseguir um bom resultado para o Vasco - disse o arqueiro.

Diogo Silva começou a ter oportunidades entre os titulares do Vasco após a chegada do técnico Dorival Júnior. O treinador mostrou confiança do goleiro e lembrou que o jogador já salvou o Gigante da Colina em outros momentos.

- É um fato natural para um jogador que está na sua terceira partida. Ele já nos salvou em outros momentos, não podemos jogar a culpa numa defesa que não tenha acontecido. Vamos trabalhar e não tirar a confiança do goleiro num momento como esse - concluiu Dorival.

Diogo Silva, de 27 anos, estreou no clássico contra o Flamengo e foi mantido na vaga nos jogos contra Fluminense e Criciúma. Além dessas três partidas do Campeonato Brasileiro, ele disputou dois amistosos pelo Cruz-Maltino, contra Tupi-MG e Figueirense, em maio.

Apesar da vitória por 3 a 2 sobre o Criciúma, nem tudo foi motivo de comemoração para a torcida do Vasco no último sábado, em São Januário. Quando vencia por 2 a 0, a equipe levou dois gols e o goleiro Diogo Silva foi muito contestado por boa parte da torcida. Após a partida, o arqueiro preferiu deixar as possíveis falhas de lado e direcionou o foco para o próximo jogo do Cruz-Maltino, na quinta-feira, contra o Goiás.

- Não foi aquele miguezinho da bola, realmente está doendo, mas o importante é a gente estar dentro de campo para poder ajudar e sair de campo sempre assim, com resultado positivo. Todo mundo está feliz e contente. Agora vamos trabalhar com tranquilidade e pés no chão para ir lá em Goiânia e conseguir um bom resultado para o Vasco - disse o arqueiro.

Diogo Silva começou a ter oportunidades entre os titulares do Vasco após a chegada do técnico Dorival Júnior. O treinador mostrou confiança do goleiro e lembrou que o jogador já salvou o Gigante da Colina em outros momentos.

- É um fato natural para um jogador que está na sua terceira partida. Ele já nos salvou em outros momentos, não podemos jogar a culpa numa defesa que não tenha acontecido. Vamos trabalhar e não tirar a confiança do goleiro num momento como esse - concluiu Dorival.

Diogo Silva, de 27 anos, estreou no clássico contra o Flamengo e foi mantido na vaga nos jogos contra Fluminense e Criciúma. Além dessas três partidas do Campeonato Brasileiro, ele disputou dois amistosos pelo Cruz-Maltino, contra Tupi-MG e Figueirense, em maio.