icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/03/2014
09:44

Após surpreender no piso rápido de Acapulco e derrotar o britânco Andy Murray (6º), o búlgaro Grigor Dimitrov (22º) confirmou o bom momento nna mdrugada deste sábado para domingo e derrotou o sul-africano Kevin Anderson (21º) e conquistou pela primeira vez um ATP 500 na carreira.

Em uma partida empolgante e longa, Dimitrov precisou de três sets para bater o gigante Anderson, de 2,03m. Após três horas de jogo, as parciais foram de 7-6 (7-1), 3-6 e 7-6 (7-5), em confronto disputado e marcado por elevado número de erros de Anderson.

Com o resultado, Dimitrov alcançará a melhor colocação de sua carreira no ranking. Na próxima atualização, ele deve aparecer na 16ª posição, enquanto Anderson deve figurar no 17º lugar.

O namorado da russa Maria Sharapova se tornou o primeiro tenista de fora da Espanha a vencer o ATP 500 mexicano após seis anos. Nas últimas edições, haviam sido três títulos de David Ferrer, dois de Nicolas Almagro e um de Rafael Nadal.

Apesar do revés na final de simples, Anderson deixou Acapulco com um título. Após a partida com Dimitrov, o sul-africano voltou à quadra para a final de duplas.

Ao lado do australiano Matthew Ebden, ele derrotou a parceria entre espanhol Feliciano Lopez e o bielorrusso Max Mirnyi, por duplo 6-3.