icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
20/02/2015
19:51

O duelo contra o Botafogo neste sábado, às 17h, no Engenhão, terá um significado especial para Dieguinho. Revelado nas divisões de base do Nova Iguaçu e no clube desde os 13 anos de idade, o meia completará 100 jogos com a camisa da Laranja da Baixada. Como homenagem, ele enfrentará a equipe alvinegra com a camisa com o número 100 nas costas.

- Essa marca representa muita coisa para mim. O Nova Iguaçu é o clube no qual fui formado, que me acolheu como um filho, me deu estudo, me formou como homem. É um grande prazer vestir essa camisa. Cem jogos é uma marca que poucos jogadores atingiram. Pretendo fazer um grande campeonato para não ficar marcado apenas pelos 100 jogos, mas também como um grande jogador que o Nova Iguaçu revelou - disse.

A história de Dieguinho confunde-se um pouco com a trajetória recente do Nova Iguaçu. Ele chegou no clube aos 13 anos e fez seu primeiro jogo como profissional aos 17. Depois, teve uma passagem pelos juniores do Flamengo, em 2009 e 2010. Retornou ao NIFC, foi campeão do Torneio OPG de Juniores e disputou a Primeira Divisão do Carioca pelo clube em 2011. Só saiu ano passado, quando foi emprestado para jogar a Série C do Brasileiro pelo Tupi.

- Foram alguns momentos marcantes, como o Troféu Edilson Silva que conquistamos no Engenhão, a Copa Rio e o OPG. Teve também minha primeira passagem pelo profissional, quando eu tinha 17 anos e conquistamos um torneio internacional (Summer Cup). Com certeza serão momentos que guardarei para sempre - listou.

Aos 24 anos, Dieguinho está no seu quinto Campeonato Carioca seguido como titular do Nova Iguaçu. Hoje realidade, é referência no meio-de-campo e capitão do time quando Paulo Henrique não está em campo. E o adversário deste sábado costuma lhe trazer sorte. Nos dois últimos confrontos contra o Botafogo, Dieguinho marcou um gol em cada duelo. Agora, a vitória será fundamental para tirar o Nova Iguaçu das últimas posições.

- Não esperávamos passar por essa fase que estamos atravessando, mas estamos trabalhando forte para poder sair dessa situação. Sabemos das dificuldades do jogo, do bom time que o Botafogo tem, mas já sabíamos que não encontraríamos facilidade no campeonato. Só tem jogo difícil. Vamos para mais um jogo difícil, mas em busca da vitória - projetou Dieguinho.