icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/02/2015
08:24

Acusado de ser um jogador violento, principalmente após a punição de três jogos por uma confusão com Emre Can, o atacante Diego Costa se defendeu. O jogador do Chelsea lembrou que nunca machucou ninguém com muita gravidade, e que o seu estilo de atuar pode causar algumas impressões erradas, mas garante que faz tudo dentro de campo para ajudar o seu time.

- Os meus desafios são fortes, mas nobres ao mesmo tempo. É só ver o meu histórico, nunca causei uma lesão grave. Eu me considero um jogador que luta e dá tudo em campo. Quem me conhece e gosta desses valores entende o que eu digo - explicou Diego Costa à "Sport Magazine".

Artilheiro do Campeonato Inglês com 17 gols, Diego Costa lembrou ainda que está se acostumando com um futebol diferente no país, principalmente por causa da arbitragem.

- Alguns toques que eu recebo na Inglaterra seriam punidos com cartão vermelho na Espanha. Estou me acostumando a ser mais chutado, os defensores da Premier LEague são realmente fortes. Na Inglaterra os árbitros não marcam tantas faltas, ao contrário do futebol espanhol. Consequentemente preciso ser muito forte durante os 90 minutos - concluiu.