icons.title signature.placeholder Leo Burlá
15/03/2014
07:10

Os gastos com diárias de hotéis em dias de jogos da Copa deverão pesar no bolso do torcedor que quiser acompanhar a partida na cidade em que ela se realizará.

Segundo pesquisa do site especializado em viagens TripAdvisor, a variação da tarifa entre um dia sem Copa e um dia com jogos pode ter acréscimo de até 212%, que foi o índice verificado em Salvador (confira a tabela completa abaixo).

Na capital baiana, o preço médio de uma diária em um hotel na data de um dos jogos que a Fonte Nova receberá é de R$ 909,42, em contraste aos R$ 291,67 cobrados quando a cidade não sediar nenhum evento.

Em números absolutos, contudo, os baianos não são os líderes desse ranking. Sede de quatro duelos na primeira fase, Cuiabá puxa a fila dos custos altos: em dias de jogos, o preço médio é de R$ 1.437,90. Em dias “normais”, as tarifas diminuem para a casa de R$ 1.338,62.

– Entendemos que eventos importantes muitas vezes levam a aumentos nos preços, seja no Brasil ou no exterior – opinou Blanca Zayas, porta-voz do TripAdvisor no Brasil.

O estudo apontou ainda que Manaus foi o único local que registrou uma baixa em sua média de preços. Em dia de jogos, o torcedor encontra taxas que giram em torno de R$ 375,67, número 4% mais em conta do que os preços praticados em dias sem jogos na Arena da Amazônia.

No cômputo geral, as tarifas nas 12 sedes alcançam o patamar de R$ 712,86 em dias de jogos, contra R$ 400,29 em datas sem atividades.
O estudo detalhou a situação de Rio e São Paulo por bairros. Na Cidade Maravilhosa, a Lagoa é o local menos em conta, enquanto Santa Teresa oferece preços mais convidativos. No palco da abertura, a pedida mais econômica é a Liberdade. Pinheiros, por sua vez, tem a média mais alta.

O LANCE!Net tentou contato com Juliana Pereira, secretária da Secretaria Nacional do Consumidor (SENACON), mas não obteve retorno.


Tabela demonstra variação das diárias de hoteis em dias com jogos da Copa nas sedes do Mundial