icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/11/2013
09:36

A quinta-feira foi de folga para a Seleção Brasileira masculina de vôlei, em Tóquio (JAP). Após os jogos desta terça e quarta-feira, com vitórias sobre Irã (3 sets a 1) e Estados Unidos (3 a 0), pela Copa dos Campeões, a equipe nacional folgou e voltará a jogar somente nesta sexta, às 8h10 (de Brasília), frente ao Japão.

O time comandado pelo técnico Bernardinho é o único que se mantém invicto na competição após dois jogos, fato idêntico ao que ocorreu na Copa dos Campeões feminina, vencida pela Seleção Brasileira. Capitão do Brasil, Bruninho chama atenção para as qualidades dos nipônicos e pede cuidado para não deixar escapar a invencibilidade.

- O Japão sempre dá muito trabalho. É um time que tem muita defesa, volume e joga bastante no contra-ataque. Por isso, a nossa equipe tem que ter paciência para não perder a cabeça em certos momentos. É um jogo que acaba ficando longo, então a paciência é fundamental. Já jogamos algumas vezes contra o Japão, conhecemos bem alguns jogadores e já estamos familiarizados com a equipe deles - disse o levantador.

O oposto Wallace, melhor jogador do Campeonato Mundial de Clubes pelo Sada Cruzeiro, está feliz com os resultados do Brasil. Porém, ele alerta para uma falha da equipe:

- Ainda erramos muito, principalmente no saque, e isso não pode acontecer mais. Mesmo assim, sem dúvida, o mais importante foi conseguir os seis pontos nas duas primeiras rodadas.

O Brasil ainda conta com jogadores bem posicionados nas estatísticas. Wallace é o terceiro melhor pontuador do torneio, Maurício Borges é o segundo melhor em aproveitamento ofensivo e Mario Jr. lidera a lista de melhores jogadas defensivas.