icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/04/2014
15:10

Ex-Corinthians, Palmeiras e Cruzeiro, o meia Marcinho hoje defende as cores do Ituano. Prestes a pegar o Santos na decisão do Paulistão, o experiente jogador chega a sua 14ª final em 12 anos de carreira. Se não é titular absoluto no time de Doriva, o veterano tem um importante papel fora das quatro linhas: passar experiência para os jovens atletas do elenco rubro-negro.

– Estou sempre conversando com o atleta porque eu observo muito. Eu vejo que o atleta ele sempre tem que crescer. Até mesmo no treino, eu estava falando para o Rafael fazer mais a diagonal. Porque é melhor para o Cristian que é meia-atacante ou para quem chega de trás enfiar a bola. E isso no jogo pode acontecer – contou o meia.

Marcinho, que foi campeão paulista em 2004, quando jogava pelo São Caetano, fez questão de lembrar que já foi jovem e, portanto, precisou da ajuda de atletas mais experientes. Ele levantou a taça pelo Azulão com 23 anos de idade.

–  A gente passa um pouco de experiência porque lá atrás eu tive. Eu tive atletas que, quando eu cheguei às finais, me orientaram e falaram para que eu continuasse mantendo o foco no trabalho. E eu colhi frutos com isso. Então a gente procura passar um pouco – afirmou o jogador do Galo de Itu.

Ituano e Santos disputam o título do Paulistão nas finais que serão disputadas nos próximos dois domingos, às 16h, no Estádio do Pacaembu.