icons.title signature.placeholder Thiago Ferri
21/06/2014
12:03

Pablo Mouche ainda não pode ser anunciado como jogador do Palmeiras, mas está a "detalhes" disto. De acordo com o estafe do atleta, a negociação está muito bem encaminhada e prestes a se encerrar. O Verdão pagará US$ 4 milhões (R$ 8,9 milhões) ao Kayserispor (TUR) por 70% dos direitos do atleta, com o qual firmará um acordo válido por cinco anos.

As partes demonstram desde o início grande confiança no acordo, que pode sair até neste fim de semana. Mouche foi vice-campeão da Libertadores em 2012 pelo Boca Juniors (ARG) e desde então o jogador de 26 anos está na Turquia.

"Escondido", o atleta vinha demonstrando interesse em deixar o país, especialmente depois de fazer parte da campanha do lanterna no campeonato local. Ele disputou 31 jogos, fez seis gols, sendo quatro deles de pênalti. Um de seus representantes está na Europa negociando com a cúpula turca.

Sua contratação foi um pedido do técnico Ricardo Gareca, tanto que sua posição não era uma que o clube buscava. Para o setor ofensivo, o Verdão inicialmente queria só um centroavante (ainda está atrás de um), mas buscou o argentino, que atua como segundo atacante.

Para pagar os quase R$ 9 milhões, o Alviverde terá a ajuda de empresários palmeirenses, que não são ligados ao futebol, em uma atitude parecida com aquela para repatriar Valdivia, em 2010.

Há a necessidade de fechar o acordo rapidamente para que o reforço esteja à disposição durante o período de treinos em Atibaia (entre os dias 23 de junho e 2 de julho). Fernando Tobio, zagueiro de 24 anos do Vélez Sarsfield (ARG), é a primeira contratação para o comandante argentino. O beque realizou exames médicos nesta semana pelo Verdão, mas ainda não foi anunciado. Ele, porém, também é esperado para trabalhar em Atibaia.