icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/07/2014
20:23

Destaque da Costa Rica na Copa do Mundo do Brasil, o goleiro Keylor Navas foi um dos responsáveis pela campanha histórica da seleção, que disputou as quartas de final contra a Holanda. Apesar da eliminação, ele preferiu exaltar o trabalho neste Mundial:

– Fizemos um grande trabalho. É difícil perder, lógico. Mas essa seleção sai da Copa do Mundo de cabeça erguida. Nosso grupo é muito unido. É duro perder, mas a vida é assim mesmo. Pênalti também é questão de sorte. Não podemos culpar quem perdeu.

Depois de ser eleito o melhor jogador nas partidas contra Inglaterra e Grécia (pelas oitavas de final), Navas também teve grande atuação contra a Holanda, com pelo menos quatro ótimas defesas. Porém, não pegou nenhum pênalti na disputa e os costarriquenhos acabaram eliminados.