icons.title signature.placeholder Daniel Hippertt
icons.title signature.placeholder Daniel Hippertt
05/07/2013
09:17

Líder invicta da Série B, a Chapecoense enfrenta o ASA (AL) nesta sexta-feira, às 21h, no Estádio Coaracy Fonseca, com o objetivo de manter a boa campanha após a pausa da competição para a Copa das Confederações. Estreante na Segundona, a equipe catarinense, terceira colocada na Série C de 2012, já sonha com voos mais altos.

O time do técnico Gilmar dal Pozzo tem o melhor ataque do campeonato, com 16 gols marcados, e conta ainda com o artilheiro da Segunda Divisão. Com dez tentos anotados, Bruno Rangel já balançou as redes mais vezes que todo o time do Palmeiras.

A boa sequência de resultados, que inclui um 2 a 0 sobre o Figueirense em pleno Orlando Scarpelli, pode surpreender os mais desavisados e parecer um imprevisto até para o mais otimista torcedor do time catarinense, mas a Chape vem colecionando bons desempenhos desde o ano passado.

– O segredo é a continuidade do trabalho – contou Gilmar, técnico da equipe há dez meses, em entrevista exclusiva ao LANCE!Net.
Em campo, o Verdão de Santa Catarina se tornou conhecido por emplacar uma forte marcação nos adversários, que, aliada à velocidade de transição para o contra-ataque, tornou-se a arma letal do time nos últimos anos.

O inédito acesso à Segundona veio com a terceira colocação na Série C de 2012, após ser derrotada pelo futuro campeão Oeste nas semifinais. A dúvida que surge agora é se a Chapecoense vai conseguir manter o bom desempenho pelo restante da temporada e, quem sabe, estrear na elite do futebol brasileiro em 2014.

– O objetivo é a manutenção na Série B, mas somos ambiciosos – completou Gilmar dal Pozzo.

BATE-BOLA
Gilmar dal Pozzo
Técnico da Chapecoense, em entrevista exclusiva ao LANCE!Net

Em suas previsões mais otimistas, você esperava ser líder invicto?
Sendo sincero, não esperava. Eu projeto jogo a jogo.

Quais são os motivos de o clube estar indo tão bem na Segundona?
O segredo é a continuidade do trabalho. Estou aqui há dez meses. Montamos um grupo de jogadores e mudamos muito pouco de um ano para o outro.

Agora que terminou o recesso por conta da Copa, quais são suas expectativas para o resto do ano?
O objetivo bem claro é a manutenção na Série B. Porém, somos muito ambiciosos, sonhamos com o acesso. Sonhar não custa nada.

A Chapecoense é um time de marcação muito forte, mas é também o ataque mais positivo do campeonato. Como você explica isso?
A gente marca forte para ter a bola e temos uma transição muito rápida, com jogadores de muita velocidade. O time que encanta é o Barcelona, que está sempre com a bola.

E se pintar uma oportunidade para você em um time de Série A?
Já apareceu proposta da Série A e de Portugal, mas, se eu falo em continuidade, tenho que ser fiel a ela. Nós montamos um grupo muito forte, estou orgulhoso e feliz.

Histórico recente

Série C 2012
A Chapecoense terminou a competição em terceiro lugar e garantiu o acesso à Segundona.

Catarinense 2013
O time foi campeão do primeiro turno e terminou no segundo lugar geral.

Série B 2013
Estreante, o Verdão do Oeste é líder invicto da competição, com cinco vitórias em seis jogos.

Líder invicta da Série B, a Chapecoense enfrenta o ASA (AL) nesta sexta-feira, às 21h, no Estádio Coaracy Fonseca, com o objetivo de manter a boa campanha após a pausa da competição para a Copa das Confederações. Estreante na Segundona, a equipe catarinense, terceira colocada na Série C de 2012, já sonha com voos mais altos.

O time do técnico Gilmar dal Pozzo tem o melhor ataque do campeonato, com 16 gols marcados, e conta ainda com o artilheiro da Segunda Divisão. Com dez tentos anotados, Bruno Rangel já balançou as redes mais vezes que todo o time do Palmeiras.

A boa sequência de resultados, que inclui um 2 a 0 sobre o Figueirense em pleno Orlando Scarpelli, pode surpreender os mais desavisados e parecer um imprevisto até para o mais otimista torcedor do time catarinense, mas a Chape vem colecionando bons desempenhos desde o ano passado.

– O segredo é a continuidade do trabalho – contou Gilmar, técnico da equipe há dez meses, em entrevista exclusiva ao LANCE!Net.
Em campo, o Verdão de Santa Catarina se tornou conhecido por emplacar uma forte marcação nos adversários, que, aliada à velocidade de transição para o contra-ataque, tornou-se a arma letal do time nos últimos anos.

O inédito acesso à Segundona veio com a terceira colocação na Série C de 2012, após ser derrotada pelo futuro campeão Oeste nas semifinais. A dúvida que surge agora é se a Chapecoense vai conseguir manter o bom desempenho pelo restante da temporada e, quem sabe, estrear na elite do futebol brasileiro em 2014.

– O objetivo é a manutenção na Série B, mas somos ambiciosos – completou Gilmar dal Pozzo.

BATE-BOLA
Gilmar dal Pozzo
Técnico da Chapecoense, em entrevista exclusiva ao LANCE!Net

Em suas previsões mais otimistas, você esperava ser líder invicto?
Sendo sincero, não esperava. Eu projeto jogo a jogo.

Quais são os motivos de o clube estar indo tão bem na Segundona?
O segredo é a continuidade do trabalho. Estou aqui há dez meses. Montamos um grupo de jogadores e mudamos muito pouco de um ano para o outro.

Agora que terminou o recesso por conta da Copa, quais são suas expectativas para o resto do ano?
O objetivo bem claro é a manutenção na Série B. Porém, somos muito ambiciosos, sonhamos com o acesso. Sonhar não custa nada.

A Chapecoense é um time de marcação muito forte, mas é também o ataque mais positivo do campeonato. Como você explica isso?
A gente marca forte para ter a bola e temos uma transição muito rápida, com jogadores de muita velocidade. O time que encanta é o Barcelona, que está sempre com a bola.

E se pintar uma oportunidade para você em um time de Série A?
Já apareceu proposta da Série A e de Portugal, mas, se eu falo em continuidade, tenho que ser fiel a ela. Nós montamos um grupo muito forte, estou orgulhoso e feliz.

Histórico recente

Série C 2012
A Chapecoense terminou a competição em terceiro lugar e garantiu o acesso à Segundona.

Catarinense 2013
O time foi campeão do primeiro turno e terminou no segundo lugar geral.

Série B 2013
Estreante, o Verdão do Oeste é líder invicto da competição, com cinco vitórias em seis jogos.