icons.title signature.placeholder Gabriela Abrunheiro
25/07/2014
16:18

Na reunião que aconteceu na manhã desta sexta-feira e que definiu o esquema de segurança do primeiro clássico da Arena Corinthians, torcedores de Corinthians e Palmeiras pediram para que os jogadores evitem provocar a torcida adversária, principalmente na hora do gol. A Polícia Militar lembrou que, caso aconteça, o atleta pode ser denunciado por incitação a violência.

Relembrando o caso do Romarinho, que, na 25ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2012, comemorou seu gol na frente da torcida palmeirense, na vitória de 2 a 0 sobre o Verdão, os torcedores alviverdes presentes no encontro pediram para que os representantes dos clubes orientarem os jogadores a tomarem cuidado com a comemorações para evitar um clima gratuito de provocações.


- Já que os representantes de Corinthians e Palmeiras estão aí, que orientem os jogadores para não fazerem provocações dentro de campo. Isso gera tumulto e quase deu tragédia no Pacaembu ano retrasado. Que os clubes orientem os jogadores para não fazerem brincadeiras, tanto Corinthians, quanto Palmeiras - disse o torcedor.

A Polícia Militar aproveitou o momento para realçar que o jogador que tiver qualquer conduta de provocação proposital poderá ser denunciado por incitação a violência.

Outro assunto abordado na reunião foi o de responsabilidade de danos. Caso o setor visitante da Arena Corinthians sofra qualquer tipo de danificação, o Palmeiras é quem arcará com os custos. O mesmo irá acontecer quando o Corinthians visitar o estádio palmeirense.


- Não estamos trabalhando com a possibilidade de depredação. A nossa preocupação é atender todas as pessoas muito bem. Tanto que o setor visitante é igual ao da nossa torcida, tem os mesmos recursos. Há uma prática de cavalheiros que caso haja algo quebrado no estádio o Palmeiras pagará - disse Lúcio Blanco, gerente de operações da Arena Corinthians.

A partida acontece no próximo domingo, às 16h. A expectativa é de que 37 mil pessoas acompanhem o dérbi. Cerca de 25.500 ingressos foram vendidos de forma antecipada.