icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/07/2014
15:59

Depois de vencer o Atlético-PR na última rodada do Brasileirão, o Fluminense volta suas atenções para o Goiás, adversário do próximo domingo. Para se preparar para este confronto, o Tricolor fará um jogo-treino nesta terça-feira, nas Laranjeiras, contra o Nova Iguaçu do goleiro Jefferson. Para o arqueiro, a partida terá um sabor especial: ele vai reencontrar os amigos Biro-Biro e Chiquinho. Ambos já atuaram pela Laranja da Baixada. O primeiro jogou em 2011, quando ainda era dos juniores, mas treinava entre os profissionais. Já o segundo atuou no ano seguinte, durante o Campeonato Carioca. O goleiro não poupa elogios e deixa a torcida do Flu bastante confiante.

- Nós nos conhecemos no Nova Iguaçu e convivemos por um bom tempo. São duas pessoas abençoadas e grandes amigos. Como jogadores são dois atletas de muitas virtudes, ambos muito rápidos. Biro-Biro alia sua velocidade com o faro de gol, já o Chiquinho com habilidade e bom passe. Não tenho dúvidas que darão muitas alegrias ainda à torcida do Fluminense - afirmou.

Do outro lado do campo, mas jogando na mesma posição, Jefferson admira o trabalho de Diego Cavalieri, que ficou na lista de espera de Luiz Felipe Scolari para a última Copa do Mundo.

- Ele é uma referência para mim. É um goleiro frio, rápido, se posiciona muito bem e ainda é simples em suas intervenções. Sem dúvida essas virtudes dele o colocam entre os melhores do Brasil - avaliou.

Em fase de preparação para a Copa Rio, que começa no próximo mês (estreia contra o América, dia 27 de agosto), Jefferson prega que o resultado desta terça-feira não é o mais importante, mas não nega que a vitória traria confiança ao elenco:

- Nosso trabalho não baseia-se em resultado e, sim, no desempenho da equipe e dos jogadores frente a uma equipe de grande qualidade. Não vou ser ingênuo de não afirmar que um resultado positivo nos traria uma grande felicidade e satisfação. Mas nosso objetivo é realmente saber como estamos como equipe.