icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/07/2014
19:45

Uma das imagens mais marcantes da passagem de Edilson pelo Botafogo, até agora, é a comemoração do gol marcado contra o Flamengo no ano passado, no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, que acabou empatado em 1 a 1. Com uma gaze no nariz para estancar um sangramento no local, após uma agressão de André Santos, ele marcou o gol alvinegro na partida e saiu para comemorar.

E após o treino desta quinta-feira, ele falou sobre aquele jogou e relembrou o gol marcado sobre o arquirrival, que considerou "surreal". Agora, Edilson diz que marcar mais uma vez no domingo seria um ótimo presente. Ele completa 27 anos justamente no dia do jogo.

– Fazer gol em clássico sempre é algo surreal. Desta vez espero vencer. Não sou egoísta de querer fazer o gol. Mas quem fizer, vou ficar feliz. Se tiver chance seria um presente de aniversário para mim mesmo.