icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/06/2014
17:02

Depois de dez dias treinando em um hotel-fazenda de Extrema, sul de Minas Gerais, o Corinthians retornou ao CT Joaquim Grava nesta sexta-feira, e viu o local ainda com "marcas" da passagem da seleção do Irã, que treinou no local durante sua participação na Copa do Mundo. Logotipos de patrocinadores estavam todos tampados com fita adesiva preta, o sistema de vídeo da sala de imprensa estava desconfigurado e havia até equipamentos de treino no campo que os jogadores utilizaram.

Apesar disso, os corintianos trabalharam normalmente no CT, e o técnico Mano Menezes até esboçou a formação inicial do time, que deve se repetir em jogo-treino neste sábado, às 9h30, contra o São Bernardo. Coube ao meia Danilo admitir que os jogadores "torciam" pela eliminação do Irã, já que uma classificação dos asiáticos faria com que o Corinthians viajasse novamente ou treinasse no Parque São Jorge - a equipe não poderia seguir em Extrema (MG) porque o hotel onde estavam será utilizado pelo time do Audax-SP.

- Foi complicado. A gente estava em Extrema, sabia que o CT estava ocupado. Se eles classificam a gente teria que sair de novo para outro lugar. Mas eu acho que foi bom, já retornamos, Extrema ficou para trás, agora vamos ficar em casa - comemorou o meia de 35 anos, antes de revelar o que fazia nas "horas vagas" no sul de Minas Gerais.

- A gente estava em hotel-fazenda, né? Não tem muita coisa para fazer, só quarto, comida e treino. Você sente falta da família, que fica longe, sente saudade, é complicado. Mas agora estamos aqui e é outra coisa - pontuou.

Reserva no primeiro esboço de Mano Menezes, Danilo planeja reassumir seu espaço entre os titulares, mas tem certeza que a briga em 2014 será por títulos.

- Nossa equipe tem condição de brigar por todos (os títulos). A gente sabe que conquistar todos não é fácil, mas vamos conquistar isso jogo a jogo, temos que pensar assim. Nosso grupo é bom e vamos nos ajudar. Foi desse jeito que sempre ganhamos aqui e vamos precisar de todos para ajudar.