icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/11/2014
20:41

Mesmo após o fim do mandato, a gestão de Mauricio Assumpção segue criando polêmicas. A última dela foi um empréstimo feito pelo Botafogo junto a um grupo de empresários paulistas no valor de R$ 3 milhões. De acordo com o Globoesporte.com, uma comissão de 10% – R$ 300 mil – foi dada a alguém que ainda não foi identificado.

O acordo foi pauta no Conselho Fiscal do clube na semana passada. O Conselho mandará perguntas sobre o contrato ao Conselho Diretor e pedirá todos os tipos de comprovantes legais do empréstimo.

De acordo com a publicação, um dos membros do Conselho Fiscal, o diretor financeiro Marcelo Murad, se disse envergonhado com a transação feita pelo Glorioso.