icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/07/2013
16:29

As primeiras palavras de Ney Franco como ex-técnico do São Paulo foram em tom de lamentação. O treinador, que deixou o clube na tarde desta sexta-feira, admite que sai do Tricolor frustrado pela não conclusão do trabalho:

- Hoje, completa um ano que cheguei. Não posso sair sem destacar todo o incentivo que eu tive no clube. Porém, por muitas questões, não conseguimos objetivos. Saio frustrado porque meu pensamento era que a gente conseguiria muitos títulos. Infelizmente, não aconteceu. Quero aproveitar pra agradecer ao clube pela oportunidade de ter trabalhado em um clube grande como o São Paulo.

- No dia 17, estarei em frente à televisão e me sentirei um pouco campeão se o São Paulo vencer o Corinthians. Foi um desligamento muito amigável, as duas partes acharam que era o momento da troca. Eu me reuni com os atletas e a despedida foi interessante. Foi bom sair ouvindo o Rogério enaltecendo meu caráter e profissionalismo - completou o profissional, que tinha contrato até dezembro.

Ney Franco não é mais técnico do São Paulo (Foto: Eduardo Viana/ LANCE!Press)

O treinador completa nesta sexta exatamente um ano desde que foi contratado pelo Tricolor. Antes, ele dirigia a Seleção Brasileira sub-20. No comando do São Paulo, ele conquistou o título da Copa Sul-Americana de 2012, mas fracassou nesta temporada.

A equipe foi eliminada do Paulistão pelo Corinthians e fez uma de suas piores campanhas na história da Libertadores antes de cair diante do Atlético-MG, nas oitavas de final.

Adalberto Baptista, diretor de futebol e maior defensor do técnico dentro do clube, anunciou a saída e disse que espera que um dia Ney Franco retorne ao Tricolor:

- Queria aproveitar para, com a maior sinceridade, agradecer muito ao Ney. Pelo profissional que é e pela dedicação neste um ano. Tenha a certeza absoluta que as portas estão abertas e tenho certeza que você (Ney Franco) voltará, com o mesmo aproveitamento e com títulos.

As primeiras palavras de Ney Franco como ex-técnico do São Paulo foram em tom de lamentação. O treinador, que deixou o clube na tarde desta sexta-feira, admite que sai do Tricolor frustrado pela não conclusão do trabalho:

- Hoje, completa um ano que cheguei. Não posso sair sem destacar todo o incentivo que eu tive no clube. Porém, por muitas questões, não conseguimos objetivos. Saio frustrado porque meu pensamento era que a gente conseguiria muitos títulos. Infelizmente, não aconteceu. Quero aproveitar pra agradecer ao clube pela oportunidade de ter trabalhado em um clube grande como o São Paulo.

- No dia 17, estarei em frente à televisão e me sentirei um pouco campeão se o São Paulo vencer o Corinthians. Foi um desligamento muito amigável, as duas partes acharam que era o momento da troca. Eu me reuni com os atletas e a despedida foi interessante. Foi bom sair ouvindo o Rogério enaltecendo meu caráter e profissionalismo - completou o profissional, que tinha contrato até dezembro.

Ney Franco não é mais técnico do São Paulo (Foto: Eduardo Viana/ LANCE!Press)

O treinador completa nesta sexta exatamente um ano desde que foi contratado pelo Tricolor. Antes, ele dirigia a Seleção Brasileira sub-20. No comando do São Paulo, ele conquistou o título da Copa Sul-Americana de 2012, mas fracassou nesta temporada.

A equipe foi eliminada do Paulistão pelo Corinthians e fez uma de suas piores campanhas na história da Libertadores antes de cair diante do Atlético-MG, nas oitavas de final.

Adalberto Baptista, diretor de futebol e maior defensor do técnico dentro do clube, anunciou a saída e disse que espera que um dia Ney Franco retorne ao Tricolor:

- Queria aproveitar para, com a maior sinceridade, agradecer muito ao Ney. Pelo profissional que é e pela dedicação neste um ano. Tenha a certeza absoluta que as portas estão abertas e tenho certeza que você (Ney Franco) voltará, com o mesmo aproveitamento e com títulos.