icons.title signature.placeholder Luis Fernando Coutinho
icons.title signature.placeholder Luis Fernando Coutinho
27/07/2013
13:13

Depois da baixa de Josh Koscheck, que acabou fazendo com que Demian Maia perdesse a chance de se apresentar mais uma vez no Brasil, o paulista terá outra oportunidade de lutar diante do público brasileiro. Fontes próximas à organização revelaram ao LANCE!Net que Demian Maia e Jake Shields têm um acordo verbal para se enfrentarem em evento no Brasil, com a data ainda a ser definida. Apesar do interesse das partes, o duelo ainda é negociado pelo UFC.

Demian Maia enfrentaria Koscheck no UFC 163, que acontece no próximo sábado, no Rio de Janeiro. Com a lesão do americano, o duelo foi cancelado e Demian ficou sem oponente. O brasileiro irá em busca da quarta vitória consecutiva desde que estreou no peso meio-médio.

Demian Maia e Jake Shields acertam acordo verbal para luta no Brasil (FOTO: Divulgação)

Já Shields, vem de vitória no UFC 161, em junho, onde venceu em decisão dividida Tyron Woodley. Jake já foi desafiante ao cinturão da categoria, quando enfrentou Georges Saint Pierre, em abril de 2011, onde acabou derrotado por decisão.

Depois da baixa de Josh Koscheck, que acabou fazendo com que Demian Maia perdesse a chance de se apresentar mais uma vez no Brasil, o paulista terá outra oportunidade de lutar diante do público brasileiro. Fontes próximas à organização revelaram ao LANCE!Net que Demian Maia e Jake Shields têm um acordo verbal para se enfrentarem em evento no Brasil, com a data ainda a ser definida. Apesar do interesse das partes, o duelo ainda é negociado pelo UFC.

Demian Maia enfrentaria Koscheck no UFC 163, que acontece no próximo sábado, no Rio de Janeiro. Com a lesão do americano, o duelo foi cancelado e Demian ficou sem oponente. O brasileiro irá em busca da quarta vitória consecutiva desde que estreou no peso meio-médio.

Demian Maia e Jake Shields acertam acordo verbal para luta no Brasil (FOTO: Divulgação)

Já Shields, vem de vitória no UFC 161, em junho, onde venceu em decisão dividida Tyron Woodley. Jake já foi desafiante ao cinturão da categoria, quando enfrentou Georges Saint Pierre, em abril de 2011, onde acabou derrotado por decisão.