icons.title signature.placeholder Guilherme Cardoso
01/06/2014
00:09

Demian Maia finalmente voltou a vencer entre os meio-médios no UFC. Na noite deste sábado, no UFC São Paulo, o brasileiro derrotou o russo Alexander Yakovlev por decisão unânime dos juízes (30-27/30-27/30-27) e acabou com uma sequência de duas derrotas na organização.

No início do combate, Demian partiu para a trocação, algo pouco comum já que sua especialidade é o jogo de chão. E após acertar um bom soco no adversário, ele voltou a trabalhar mais o jiu-jitsu para garantir a vitória.

- Estou muito feliz por lutar na minha cidade. Queria agradecer a todos que vieram aqui. Venho melhorando minha trocação, obrigado a todos que me treinaram no boxe. Consegui um knockdown e isso me deixou muito feliz. Acho que é a primeira vez que consegui isso na carreira - afirmou o vencedor.

Agora, desde sua mudança para o peso meio-médio, essa é a quarta vitória dele, com outras duas derrotas.

A LUTA
1º round
Demian Maia e Alexander Yakovlev começaram a disputa buscando a trocação. O brasileiro até tentou uma queda, mas sem sucesso. Então, na metade o round, Maia acertou um bom soco no rosto do russo, que foi ao chão. Em sua especialidade, o brasileiro ficou por cima até o fim, com algumas boas cotoveladas.

2º round
A segunda parte do combate começou da mesma maneira da primeira. Mas isso durou pouco tempo. Após colocar o adversário na grade, Maia conseguiu a queda e trabalhou por cima até que o russo invertesse a posição. Mas com tranquilidade, o brasileiro se defendeu bem até o fim.

3º round
Logo no início do último round, Yakovlev levou o brasileiro ao chão. Mas Maia logo conseguiu se levantar. Com os dois em pé, o russo abusou dos chutes, o que claramente incomocava o lutador da casa. Até que Maia levou o adversário para a grade e obteve mais uma queda. No solo, sua especialidade, o paulista voltou a controlar o combate até o fim.

RONY JASON PERDE A SEGUNDA
O card principal do UFC São Paulo não começou bem para os brasileiros na noite deste sábado. Em uma luta equilibrada e com bons momentos para os dois lutadores, Rony Jason perdeu para o americano Robbie Peralta por decisão dividida dos juízes (29-28, 27-30 e 30-27), pelo peso pena.

Vencedor da primeira edição do The Ultimate Fighter Brasil, Jason manteve a postura de suas lutas anteriores no UFC ao partir para cima para tentar finalizar ou buscar o nocaute. Durante o combate até arriscou algumas cotoveladas giratórias e joelhadas voadoras. Alguns golpes até acertaram o adversário. Mas nada foi o bastante para convencer os juízes.

Após um primeiro round um pouco mais morno, Peralta se soltou durante o combate e conseguiu equilibrar a disputa, acertando alguns bons socos no brasileiro.

- Tentei de todos os jeitos nocautear. Machuquei minha mão no começo do primeiro round, o que limitou os meus ataques. Mesmo assim, achei que ganhei os três rounds. Não gosto de levar para a decisão, mas ele é muito bom e não consegui finalizar ou nocautear. Achei que fosse ganhar por pontos, mas, infelizmente, paguei pelo meu erro - declarou o brasileiro.

Essa foi a segunda derrota de Jason no UFC, em seis combates. De suas últimas três lutas, foram dois tropeços.