icons.title signature.placeholder Fábio Aleixo
04/11/2013
20:48

Juan Martín del Potro (5º colocado do ranking mundial) começou bem a sua participação no grupo da morte das Finais da ATP de Londres (ING).

Na noite desta segunda-feira, na Arena O2, o argentino superou o francês Richard Gasquet, de virada, por 2 sets a 1, com parciais de 6-7 (4-7), 6-3 e 7-5, em duelo de 2h24 de duração.

Com o resultado, Del Potro sai na frente no Grupo B, que conta ainda com Novak Djokovic (2º) e Roger Federer (7º), que se enfrentam às 18h desta terça-feira.

Com o triunfo, o argentino ampliou ainda mais o seu domínio contra Gasquet. Em sete partidas já disputadas, este foi o sexto triunfo. A única derrota ocorreu no primeiro confronto entre eles, no Masters de Indian Wells em 2007.

O JOGO

Os dois jogadores começaram a partida firmes em seus saques, sem dar chances de quebra aos adversários. De forma impressionante, Del Potro ganhou os 12 pontos em seus três primeiros games de serviço.

Porém, quando o placar apontava 4 a 3 para Gasquet, o argentino jogou muito mal. Cometendo erros não-forçados, permitiu ao rival conseguir sua primeira quebra.

Gasquet, entretanto, não soube aproveitar o momento. Sacando em 5 a 3, com chance de levar o primeiro set, o francês falhou e permitiu a Del Potro devolver a quebra.

Daí em diante, os dois tenistas confirmaram seus saques, forçando a realização do tie break.

Na parcial decisiva, o europeu foi mais consistente e fechou em 7 a 4, após uma devolução tocar na rede e cair no limite da quadra.

O segundo set também deu a impressão de que seria marcado pelo equilíbrio. Mas Gasquet desperdiçou uma enorme vantagem no quarto game e acabou quebrado, abrindo caminho para Del Potro igualar o marcador. O francês tinha 40 a 0 na parcial, mas permitiu a virada.

No oitavo game, Del Potro teve duas chances de quebrar o saque de Gasquet novamente e empatar o marcador. Mas o francês conseguiu se manter firme.

Apesar disso, o argentino não vacilou quando foi ao saque empatou o jogo em 1 a 1 ao fazer 6 a 3.

Gasquet voltou para o terceiro set com uma nova camiseta. Trocou a branca e azul por uma vermelha.

O set decisivo, assim como o inicial, foi marcado por muito equilíbrio. Del Potro conseguiu a primeira e decisiva quebra no sétimo game. Ele chegou a fazer 30 a 0, mas o adversário reagiu e virou para 40-30. Porém, o argentino seguiu firme. Após algumas igualdades em 40 obteve o break após Gasquet jogar uma esquerda na rede.

Del Potro parecia se encaminhar bem para a vitória, mas conseguiu se complicar um pouco. No décimo game, ele sacou com a chance de fechar a parcial em 6 a 4. Porém, errou demais e foi quebrado sem marcar nenhum ponto.

A reação de Gasquet, entretanto, parou por aí. Sacando em 5 a 5, o francês permitiu que Del Potro devolvesse a quebra. Antes do sul-americano confirmar o breal, houve um ponto polêmico. O francês acertou uma bola na linha e o argentino devolveu na rede. Porém, como o juiz de linha havia dado fora, o ponto teve de ser repetido. Melhor para Del Potro.

Com 6 a 5 no marcador e a chance de sacar para o jogo pela segunda vez, o argentino não vacilou.

O repórter viaja a convite da ATP