icons.title signature.placeholder RODRIGO CERQUEIRA
16/06/2014
12:07

Pressionado após a goleada por 5 a 1 para a Holanda, em Salvador, o técnico Vicente del Bosque deve fazer mudanças na Espanha que enfrentará o Chile no Maracanã, nesta quarta-feira, pelo Grupo B da Copa do Mundo. Há a possibilidade de, pelo menos, duas mudanças. Para tornar a equipe mais ofensiva, já que tem um saldo de gols negativo de quatro contra um rival que tem saldo positivo de dois, o comandante deve mexer no ataque e no meio de campo.

Quem deve ganhar uma oportunidade na equipe e novamente colocar os pés no Maracanã é o atacante Pedro. Para sua entrada, Del Bosque tem como opção tirar um dos volantes, o mais cotado é Xabi Alonso, para tornar o time ofensivo. Além de Pedro, Koke é outro que está perto de fazer sua estreia no Rio de Janeiro. Para sua entrada, Xavi seria sacrificado da equipe. O meio-campo, então, ficaria mais jovem e com uma saída de bola mais rápida.


Cotado para entrar na Fúria, Pedro não escondeu a ansiedade em poder voltar ao Maracanã, palco da derrota por 3 a 0 para a Seleção Brasileira na Copa das Confederações do ano passado. Porém, o jogador espera que a história desta vez seja diferente.

- Trabalho para jogar sempre, mas quem decide é o treinador. Todos querem participar dos jogos da Copa do Mundo e atuar no Maracanã - afirmou o atacante do Barcelona nesta segunda-feira, em entrevista coletiva no CT do Caju.

Outro que corre por fora por uma vaga entre os titulares é o volante Javi Martínez. Porém, não seria em sua posição de origem. Caso ganhe uma chance de Del Bosque, o jogador do Bayern de Munique entraria na vaga do zagueiro Piqué, como já foi testado na fase de preparação da Fúria para a Copa do Mundo do Brasil.