icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/11/2014
15:43

Com o peso de ser o salvador do centenário, Valdivia não esconde seu incômodo com a fase atual do Palmeiras. Diante da luta no Verdão para evitar o terceiro rebaixamento em 12 anos, o meia avisou: um ídolo no clube, hoje, não se forma conquistando títulos, mas apenas mantendo o time na elite do futebol nacional.

- Título é muito importante, é o que mais interessa na carreira, é o que o torcedor mais gosta. Acredito que, pelo momento, deixar o Palmeiras na Série A será um fato muito importante para ser lembrado. Antigamente, você ganhava título e ficava na história. Agora, no Palmeiras, deixar o time na Série A é motivo para virar ídolo, é o que as pessoas têm falado - reclamou o camisa 10.

A um ponto da zona de rebaixamento, o Verdão tem mais dois jogos no Brasileiro (contra o Internacional, no Beira-Rio, e diante do Atlético-PR, no Allianz Parque). Ainda sem saber se terá o seu principal jogador diante do Colorado, já que ele ainda sente dores na coxa esquerda, o time pode chegar à última rodada ainda com o risco de queda.

Embora já tenha dito que torce pela vitória de Paulo Nobre, Valdivia fez um pedido ao próximo presidente, independente do vencedor: que lembre da grandeza do Palmeiras.

- O melhor para o futuro do Palmeiras é saber da grandeza que o clube tem. Se o Paulo Nobre continuar, tenho certeza que ele vai fazer tudo aquilo que não fez ou deixou de fazer esse ano. Se o Pescarmona ganhar, se fizer tudo o que está falando, vão vários jogadores embora. Por tudo o que ele tem falado, o Palmeiras vai trazer vários grandes jogadores - resumiu o jogador.