icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
04/11/2014
17:25

Foram definidos, nesta segunda-feira, os 15 mesatenistas brasileiros que completarão a equipe da modalidade nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto, no Canadá, em 2015. A classificação foi obtida através da seletiva nacional, realizada na cidade de Joaçaba (SC). Os atletas juntam-se aos outros 5 mesatenistas que já estavam classificados em função da conquista de medalhas no Mundial Paralímpico da China, realizado em setembro.

No tênis de mesa paralímpico, os atletas são divididos em 11 classes, de acordo com o grau de deficiência. Da classe 1 a 5, são contemplados os atletas cadeirantes; da 6 a 10, os andantes; e a classe 11 é designada para os deficientes intelectuais.

Entre os cadeirantes, classificaram-se: Aloisio Lima, Bruno Braga, Joyce Oliveira, Ronaldo Souza, David Freitas, Alexandre Ank e Claudiomiro Segatto.

Entre os andantes, Jane Rodrigues, Jennyfer Parinos, Bruna Alexandre, Danielle Rauen, Silvana Aparecida, Carlo Di Franco, Paulo Salmin, Luis Felipe Manara, Diego Moreira e Carlos Carbinatti garantiram vaga.

Na classe 11, o Brasil possui dois representantes: Lucas Martins e Ana Cordeiro

Paulo Salmin (classe 7), detentor de duas medalhas no Parapan de Guadalajara, no México, em 2011, projeta ainda mais conquistas no ano que vem.

- Agora, vamos nos preparar melhor ainda para brigar pelo título em Toronto. Com certeza, a responsabilidade aumenta, ainda mais sendo o torneio que classifica para os Jogos Rio 2016.

Recém promovida à classe 9, a jovem Danielle Rauen mostrou-se realizada com seus resultados na temporada.

- É uma felicidade muito grande conquistar essa vaga. Tive um ano bom, consegui mudar de classe no último torneio, tive bons resultados. Agora, vou comemorar um pouco e curtir essa conquista.

Além do peso de ser uma competição continental, os Jogos Parapan-Americanos de 2015 são também classificatórios para os Jogos Olímpicos do Rio, em 2016.