icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/11/2013
08:08

O Internacional terá de volta a presença de Juan e Índio na defesa. Não deixa de ser emblemático que os dois veteranos, 34 e 38 anos, respectivamente, retornem ao time titular bem quando Clemer tem o principal desafio pela frente: vencer o Coritiba e deixar para trás, de vez, qualquer chance de o Colorado ser rebaixado no Campeonato Brasileiro. A dupla de zaga formada pelos dois tem a menor média de gols entre os zagueiros colorados.

Nas últimas partidas, Alan e Jackson vinham atuando. Mas porque Juan estava machucado - Alan entrou na vaga do camisa 4, enquanto Jackson era titular da posição com o jogador. Índio, após recuperar-se de lesão muscular - ficou à disposição de Clemer cerca de um mês atrás -, era apenas opção. Os dois garotos atuaram juntos em cinco jogos - as últimas quatro partidas e uma no início do Brasileiro -, com média de 1,8 gols sofridos e aproveitamento de 20% apenas.

Já Índio e Juan atestam números melhores. Eram jogadores da confiança de Dunga. Entraram em campo na mesma partida 10 vezes. A média de gols sofridos é de 1,60. A da equipe colorada no Brasileiro é de 1,49. Ambos ostentam 56,7% de aproveitamento.

- Não é questão de ganhar. Não tem nada em disputa. O Índio e eu temos mais experiência que o Alan e Jackson, como eles têm mais juventude. Não há como esconder. Mas não há uma disputa. São nos 4 à disposição do Clemer. Se ele optar por jogar o Índio e eu. O Jackson pode ser utilizado na direita. Pela opção do Clemer ele vai continuar, será deslocado. Vamos fazer de tudo para jogar bem no domingo e ganhar - disse Juan.

Após apostar em jovens, uma de suas marcar pela passagem vitoriosa na base colorada, o técnico Clemer volta a colocar suas fichas nos experientes. Depois de vender Rodrigo Moledo, a diretoria colorada não repôs. A ideia era utilizar os defensores presentes no elenco. Ernando, do Goiás, já está contratado para a próxima temporada.

- Eu não vejo que os mais experientes não deram a cara. Se vocês verems os que mais entraram em campo são os mais experientes. É justo ter mais cobranças. Temos uma bagagem maior no futebol e será sempre assim. O importante é estar incumbido de se ajudar e sair vencedor. As coisas foram programadas de sair de outra maneira. Se não sair será ruim para todo mundo. Domingo é todo mundo querendo sair vencedor - explicou o camisa 4 colorado.

O Colorado volta aos treinamentos na manhã desta sexta-feira, no Centro de Treinamentos do Parque Gigante. O time alvirrubro está encaminhado com Muriel; Jackson, Índio, Juan e Fabrício; João Afonso, Willians, Jorge Henrique, D'Alessandro e Otávio; Leandro Damião.

Índio está de volta ao time titular do Inter no domingo (Foto: Alexandre Lops/Internacional)