icons.title signature.placeholder Enrico Bruno
30/07/2014
17:47

Apesar da rescisão de contrato com o Atlético-MG, confirmada na última segunda-feira, o destino de Ronaldinho Gaúcho ainda segue indefinido no futebol. O craque desperta interesse de clubes do exterior, e pode escolher aonde irá atuar no restante do ano. Isso tudo, porém, só deverá acontecer a partir da próxima semana. Para Ronaldinho, os últimos dias foram para se desligar do futebol, curtir o ainda recente título da Recopa.

- Para dizer a verdade, ainda nem parei para pensar sobre isso. Peguei uns dias para descansar, curtir os títulos. Deixei meu irmão encarregado disso. E a partir da próxima semana verei sobre meu futuro, mas só a partir da semana que vem - falou o craque.

MAIS:
> Em coletiva, Ronaldinho se despede do Atlético-MG
> Torcedores comparecem ao CT para dar último adeus
> R10 recebe de Kalil honraria do Galo de Prata

Ronaldinho também esclareceu que o pouco, mas desgastante contato com Levir Culpi não afetou em sua decisão de deixar o clube mineiro. Desde que chegou ao clube, o treinador fez duras críticas aos atletas, chegando a substituir R10 com mais frequência durante os jogos.

- Não tem nada a ver com o Levir. Trabalhei pouco com ele, não tive a oportunidade de conhecer, mas desejo toda a sorte do mundo, é um grande treinador. Tomei a decisão quando fechou o ciclo, conquistando o último título. Fechou uma etapa, consegui sair sorrindo, feliz, com cabeça erguida, como pretendia - acrescentou, antes de finalizar que sai com o objetivo feito.

- Foi uma decisão muito recente, uma decisão recém tomada. Queria que todos lembrassem que saio daqui fazendo historia, conquistando títulos os mais importantes da historia do clube. Isso é o que gostaria qualquer jogador. Tenho esse privilégio e por isso tomei a decisão - finalizou.