icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/07/2013
12:23

O novo técnico do Manchester United, David Moyes, garantiu Rooney na próxima temporada. Diantes das perguntas sobre um possível pedido do jogador em sair do clube, o treinador, que concedeu sua primeira entrevista coletiva da pré-temporada, elogiou muito o atacante, que tem sido especulado em clubes como o Barcelona.

- Wayne não está à venda. Ele é jogador do Manchester United e vai continuar como um jogador do Manchester United. Vejo um brilho em seus olhos, ele parece feliz. Ele está treinando muito bem, estou animado em trabalhar com ele - disse Moyes, lembrando de quando trabalhou com o craque ainda em sua juventude:

- Eu conheço Wayne desde que ele tinha 16 anos, quando estava no Everton. É uma coisa meio "deja vu". Ele vai voltar em boa forma.

E MAIS:
> Giggs dividirá função de jogador com a de auxiliar-técnico
> PSG e Beckham anunciam instituições que vão receber suas doações
> Manchester City volta à carga por Pepe

Sobre a conversa que teria acontecido entre Rooney e Sir Alex Ferguson, quando o lendário treinador ainda comandava o clube, quando o jogador teria reclamado de sua posição em campo e pedido para sair, ele não quis se pronunciar.

- Não sei o que os dois cavalheiros conversaram. Foi uma conversa privada, e estou convencido de que vou trabalhar com Wayne - concluiu.

O novo técnico do Manchester United, David Moyes, garantiu Rooney na próxima temporada. Diantes das perguntas sobre um possível pedido do jogador em sair do clube, o treinador, que concedeu sua primeira entrevista coletiva da pré-temporada, elogiou muito o atacante, que tem sido especulado em clubes como o Barcelona.

- Wayne não está à venda. Ele é jogador do Manchester United e vai continuar como um jogador do Manchester United. Vejo um brilho em seus olhos, ele parece feliz. Ele está treinando muito bem, estou animado em trabalhar com ele - disse Moyes, lembrando de quando trabalhou com o craque ainda em sua juventude:

- Eu conheço Wayne desde que ele tinha 16 anos, quando estava no Everton. É uma coisa meio "deja vu". Ele vai voltar em boa forma.

E MAIS:
> Giggs dividirá função de jogador com a de auxiliar-técnico
> PSG e Beckham anunciam instituições que vão receber suas doações
> Manchester City volta à carga por Pepe

Sobre a conversa que teria acontecido entre Rooney e Sir Alex Ferguson, quando o lendário treinador ainda comandava o clube, quando o jogador teria reclamado de sua posição em campo e pedido para sair, ele não quis se pronunciar.

- Não sei o que os dois cavalheiros conversaram. Foi uma conversa privada, e estou convencido de que vou trabalhar com Wayne - concluiu.