icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/02/2015
09:43

David Moyes chegou ao Manchester United há dois anos com uma ingrata missão: substituir o lendário Alex Ferguson, que treinou o time de Old Trafford de 1986 a 2013. Mas a permanência do agora técnico da Real Sociedad foi bastante rápida. Foram 10 meses, muitas polêmicas e resultados ruins.

Uma das ações mais controversas do treinador à época foi a decisão de cortar a batata frita dos jogadores do Manchester United. O veterano Rio Ferdinand, hoje com 36 anos e que defende o Queens Park Rangers, era conhecedor dos vestiários dos Red Devils - ficou de 2002 a 2014 no clube - e criticou de forma contundente a decisão de Moyes. Em vão.

E MAIS
- Van Gaal pode utilizar joia da base do United para contratar Marquinhos

O ex-técnico, além de tirar o quitute do cardápio, justificou a decisão, alegando que alguns jogadores do elenco vermelho estavam acima do peso.

- Sim, eu bani as batatas fritas. Fiz isto porque alguns jogadores estavam acima do peso, e não achei que batatas fritas seriam boas para a dieta deles - disse o escocês, à revista inglesa "Four Four Two".