icons.title signature.placeholder Eduardo Mendes, Maurício Oliveira e Thiago Salata
21/06/2014
09:04

As atuações nos dois primeiros jogos da Copa do Mundo distantes do futebol apresentado na conquista do título da Copa das Confederações, em 2013, não abalaram a confiança do Brasil. E o favoritismo bancado durante a preparação não foi colocado à prova pelo grupo.

David Luiz acredita que justamente nos momentos de cobrança o grupo deve se unir e mostrar porque é apontado para levantar o troféu.

- Quem não tem ambição não chega a lugar algum. Trabalhamos para estar na Seleção e encaramos todos em qualquer tipo de situação que venha acontecer. E continuamos acreditando na nossa filosofia - disse o zagueiro.

O camisa 4 também aposta que as dificuldades encontradas nos dois serviram de lição para o restante do torneio. Em um torneio marcado por algumas surpresas, David Luiz diz que a Seleção irá crescer nos momentos necessários.

- Temos um time humilde que gosta de aprender e crescer. Copa das Confederações não é a mesma coisa que Copa do Mundo. Hoje o nível é muito grande. Você vê a antiga campeã saindo na primeira fase. Sabemos quem estamos enfrentando e tem de saber sofrer quando precisa. Queremos chegar longe e sabemos o que vivemos hoje - comentou.