icons.title signature.placeholder Guilherme Cardoso
icons.title signature.placeholder Guilherme Cardoso
27/07/2013
15:00

O Brasil terminou bem o penúltimo dia de competições no Mundial de Atletismo Paralímpico, neste sábado, em Lyon (FRA). Daniel Silva ficou com a medalha de ouro nos 400m, na categoria T11 (para deficientes visuais). Ele terminou a disputa em 50s38, o recorde do campeonato.

A segunda colocação foi do americano David Brown, com 51s71, e o francês Timothee Adolphe terminou em terceiro, com 52s13.

- Ficaria muito triste se eu não ganhasse essa prova. É minha competição predileta e que eu treino de verdade. Comemorei o bronze nos 200m, mas essa tem sabor especial - afirmou Silva.

Com mais essa medalha de ouro, o Brasil está na terceira colocação no quadro de medalhas. São 16 ouros, dez pratas e 13 brozes.

O Brasil terminou bem o penúltimo dia de competições no Mundial de Atletismo Paralímpico, neste sábado, em Lyon (FRA). Daniel Silva ficou com a medalha de ouro nos 400m, na categoria T11 (para deficientes visuais). Ele terminou a disputa em 50s38, o recorde do campeonato.

A segunda colocação foi do americano David Brown, com 51s71, e o francês Timothee Adolphe terminou em terceiro, com 52s13.

- Ficaria muito triste se eu não ganhasse essa prova. É minha competição predileta e que eu treino de verdade. Comemorei o bronze nos 200m, mas essa tem sabor especial - afirmou Silva.

Com mais essa medalha de ouro, o Brasil está na terceira colocação no quadro de medalhas. São 16 ouros, dez pratas e 13 brozes.