icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/04/2014
13:44

O lateral-direito da seleção brasileira, Daniel Alves, foi vítima de mais um episódio de racismo no futebol espanhol. No segundo tempo da partida contra o Villareal no último domingo (28), o jogador se preparava para cobrar escanteio, quando a torcida do Villarreal lhe atirou uma banana. O brasileiro ignorou o gesto e comeu a fruta. Em campo, o Barça venceu, de virada, por 3 a 2, no El Madrigal, pela 35ª rodada do Campeonato Espanhol, em jogo marcado também pelas homenagens ao ex-técnico Tito Vilanova, falecido na última sexta-feira (25) por conta de um câncer.

Daniel recebeu o apoio de diversas personalidades, inclusive da presidenta Dilma Rousseff. O ato do brasileiro motivou uma campanha contra o racismo nas redes sociais, iniciada por Neymar, que contou com muitos adeptos em poucas horas. Foi também por meio de uma dessas redes sociais, que Daniel agradeceu ao apoio e suporte que tem recebido.

- Meu Brasil Brasileiro, Verde, amarelo, preto, branco e vermelho. Somos um povo alegre com samba no pé, e é com alegria e ousadia que a gente tem que se manifestar. Olha a banana, olha o bananeiro… sou baiano, sou brasileiro… estamos mais fortes do que nunca, o sorriso é a nossa proteção, a musica é a nossa espada… Nos vemos na Copa… Estamos juntos!! #deusnocomando#somostodosmacacos#danidobrasil#amadajuazeiro - postou o lateral em sua conta no Instagram.

Daniel Alves responde inusitadamente a insulto racista