icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/06/2014
12:58

Enquanto Chael Sonnen decidiu se aposentar após ser pego no antidoping, Wanderlei Silva ainda não foi julgado por ter se recusado a realizar um exame surpresa proposto pela Comissão Atlética de Nevada. Pelo fato do brasileiro não ter feito o teste, ele foi cortado do UFC 175, mas a comissão ainda não acenou com nenhuma punição ao "Cachorro Louco".

Embora ainda não se saiba qual será a decisão a ser tomada pela Comissão de Nevada, o presidente do UFC, Dana White, não está muito otimista em relação ao que deve acontecer com o lutador. Em um vídeo divulgado pelo Ultimate, o dirigente comenta o caso em conversa com a imprensa e revela que acredita que o órgão americano irá punir severamente o "Cachorro Louco".

- Acho que a história não vai acabar bem para Wanderlei. Você sabe como essas comissões são...Eles não perdoam quando você é pego por drogas e substâncias para melhora de performance. Geralmente você pega suspensão de um ano. Honestamente, não sei o que vai acontecer, mas acho que eles vão querer usar esse caso do Wanderlei para dar um grande exemplo - comentou o dirigente.

No entanto, no caso de Wanderlei, ele não foi pego no exame antidoping, mas se recusou a fazer o mesmo. O brasileiro foi convidado pela Comissão de Nevada a comparecer a um julgamento no dia 17 de junho para poder se explicar. Porém, na opinião de Dana White, o fato de Wand ter se recusado a fazer o teste é até pior do que ser pego no antidoping.

- Sim, acho pior (ele ter fugido). Quando a comissão aparece para testar você, não tem jeito. Se você fez alguma coisa errada, você vai ser pego. Correr (do exame) só o torna culpado. Adoro Wanderlei. Ele sempre foi um cara legal, mas não pode se recusar a fazer um teste antidoping, especialmente em Nevada. Ele não vai escapar dessa de jeito nenhum. Na minha humilde opinião, (a comissão) vai enterrá-lo - completou o dirigente.

Wanderlei Silva enfrentaria Chael Sonnen no UFC 175, que acontece no dia 5 de julho, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Porém, o brasileiro foi retirado do evento depois de se recusar a fazer um teste antidoping. Depois de Wand ser substituído por Belfort, foi Sonnen quem saiu do show após ser pego por doping. Com isso, o confronto foi cancelado e Vitor não lutará no evento.