icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/06/2014
10:01

Dana White já parece estar perdendo a paciência com Jon Jones pela dificuldade em agendar a revanche entre o americano e Alexander Gustafsson. Depois de ter dito, que o campeão não quer enfrentar o sueco novamente, mas sim Daniel Cormier em seu próximo compromisso pelo UFC, o dirigente voltou a alfinetar Jones.

Em entrevista ao "Albuquerque Journal", da cidade que recebe o evento do Ultimate deste sábado, Dana comentou que Jones, enquanto campeão, não pode recusar oponentes. O presidente do UFC ainda ressaltou as declarações do lutador de que queria ser o melhor de todos os tempos para justificar seu ponto de vista.

- Assim que (Jones) começa a se tornar a estrela que ele deve ser, ele diz que não quer enfrentar alguém. Você é o campeão, é o melhor peso-por-peso do mundo e diz que quer ser conhecido como o melhor de todos os tempos, então não pode recusar adversários. Você tem que lutar contra os melhores do mundo. Você é o cara e todos estão indo atrás de você - comentou o dirigente, que ainda reforçou que Gustafsson será o próximo desafiante dos meio-pesados.

- Gustafsson é o próximo desafiante. Até Cormier disse: "Espero que dê tudo certo para mim e eu consiga uma chance pelo título, mas até eu acredito que Gustafsson merece a próxima disputa de cinturão". Gustafsson é o desafiante número um, e ele esperou por essa revanche - completou Dana.

Jon Jones e Alexander Gustafsson já se enfrentaram em setembro do ano passado, em confronto que recebeu o prêmio de "Luta do ano" de 2013. Na ocasião, o americano manteve o cinturão dos meio-pesados ao bater o sueco por decisão unânime em confronto espetacular. Desde então, uma revanche entre os lutadores tem sido bastante aguardada pelos fãs de MMA.