icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/12/2013
05:47

Após a fratura sofrida diante de Chris Weidman na disputa de cinturão do UFC 168, que aconteceu em Las Vegas, Anderson Silva terá de pensar bem sobre seu futuro. E ele terá tempo para isso. O imagem do brasileiro caído com a perna quebrada fez até com que o presidente do Ultimate Dana White parasse de planejar os próximos passos do lutador. 

Em coletiva de imprensa realizada logo após o evento, Dana falou sobre o ocorrido, disse que não quer colocar Spider nem dentro e nem fora dos planos da organização e avaliou a hipótese de Anderson parar de lutar.

- Sou um grande fã de Anderson desde que chegou. Nem em um milhão de anos você espera ver isso que aconteceu com ele. Você sabe , isso vai ser uma coisa dura para dar a volta por cima, na idade dele. Provavelmente, ele vai passar por cirurgia na próxima hora já. Acho que ele é o melhor de todos os tempos. Não quero colocá-lo nem dentro e nem fora de nossos planos. Não é hora disso. É hora de pensarmos nele - declarou o mandatário.

Sobre a decisão de Anderson Silva em continuar ou não no mundo da lutas, Dana White ponderou novamente que a lesão não passou de uma fatalidade que já aconteceu em outros esportes. 

- Foi uma noite ruim, como eu disse. Não é o jeito que você quer ver alguém parar, mas acontece. Já aconteceu com atletas no basquete e acontece com lutadores também - afirmou.