icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/02/2015
09:31

Uma das questões levantadas após a revelação do teste positivo de Anderson Silva para substâncias ilegais em exame realizado antes de sua vitória no UFC 183 contra Nick Diaz era se o brasileiro seguiria ou não como treinador do The Ultimate Fighter Brasil 4, queestá sendo gravado em Las Vegas (EUA).

Depois de um dia movimentado, o presidente do UFC Dana White divulgou um comunicado oficial através do site da organização onde explicou qual é a decisão em relação ao futuro de Spider no reality show.

Confira o comunicado na íntegra:
"Anderson Silva tem sido um dos maiores atletas que o esporte já viu. Ele tem uma longa e única carreira nas artes marciais mistas. Em nove anos com o UFC, Anderson nunca testou positivo para uma substância proibida. Nos guiando por isso, queremos garantir que Anderson teve todo o processo legal e iremos apoiá-lo durante todo esse período. Durante o processo, ele continuará sendo o técnico do The Ultimate Fighter Brasil. Claro que vamos continuar acompanhando as ações da Comissão Atlética de Nevada.

Apoiamos irrestritamente o programa de testes da Comissão fora do período de competição, o qual temos financiado quando solicitado ao longo dos últimos dois anos. Testes dessa natureza são importantes para manter o esporte limpo. O diretor do laboratório de Salt Lake City já explicou o tempo de divulgação e o motivo pelo qual a comissão e o UFC não receberam os resultados antes do dia 3 de fevereiro, após a luta.

Uma vez que todos os resultados têm sido tornados públicos e a Comissão Atlética de Nevada tem tomado suas decisões, continuaremos respeitando o processo e avançando nesse sentido."