icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/03/2014
10:14

Um dos pontos que Chael Sonnen tem usado para provocar Wanderlei Silva é de que, segundo o falastrão, o brasileiro ainda não teria assinado o contrato para a luta entre ambos e ainda estaria colocando diversos empecilhos para confirmar o confronto. Na última quinta-feira, Dana White revelou que realmente o duelo entre os técnicos do TUF Brasil 3 ainda não está assinado, mas negou que o problema seja com o "Cachorro Louco".

- Sim (ainda não foi assinado). Tem muito mais coisa por trás disso (do que eu posso falar). Esse é um trabalho frustrante. M... acontece todo dia. Mas, vai ser assinado, nós vamos fechar isso - comentou o dirigente, de acordo com o site americano "MMA Fighting".

No entanto, Dana fez questão de desmentir a versão do falastrão, afirmando que os problemas para fechar o duelo não têm nada a ver com Wanderlei Silva. Segundo o presidente do UFC, a complicação está relacionada ao evento em si.

- Ele (Wanderlei) não está recusando de jeito nenhum. Não tem a ver com dinheiro também, não posso dizer (o motivo). Tem a ver com o show (TUF Brasil 3 finale). Isso é tudo que posso dizer - comentou Dana.

O dirigente ainda comentou sobre o caso de Chael Sonnen com o banimento do TRT no Brasil, já que o lutador fazia uso da terapia. De acordo com Dana, isso não deve ser um problema porque a organização ainda não recebeu nenhuma reclamação do atleta.

- Não ouvi nada sobre isso. Uma das coisas sobre Chael Sonnen é que ele é um ótimo comunicador. Então, se Chael sentisse que tivesse algo em risco, ele nos falaria - completou.

O TUF Brasil 3 está em exibição no momento e os treinadores se enfrentarão ao final do reality show. O evento da final do programa está marcado para o dia 31 de maio em solo brasileiro, mas ainda sem cidade definida, com o duelo entre Wanderlei Silva e Chael Sonnen na luta principal.